sábado, 22 de março de 2014

Poesia, prazer e amor!

Poesia, prazer e amor!

E a poesia?
Objeto imaterial em nossa vida, que o débil poeta se prontifica
a tentar expressar no papel.

O homem diante da poesia
Tem desprezado seu significado,
e vem deixando claro, em cada ato,
que não é tocado por essa sensação,
ignorando as possibilidades,
vivendo vida miserável
sem se importar com o coração.

Porém, há resistência!
Um Viva aos poetas que contaminam os ambientes
com poesia, paixão e prazer!

Saudações aos resistentes,
que combatem o moralismo
trazendo a primavera nos dentes,
buscando prazer genuíno
sem buscar as estruturas que são a base da opressão.

Que a poesia tome os salões
e desfaça a rigidez da high society...
Que ela desmanche o que é sólido
e perpetue o que é gozo,
Impedindo que haja engôdo,
quando há poesia no ar.

Evoé, baco!
Que a humanidade se sensibilize,
Que o carrasco não mais atire,
E que a vida siga seu curso,
plantando amor com poesia,
pra que do fruto, nasça alegria,
Contagiando o mundo inteiro!











2 comentários:

jair tomaz da silva disse...

TU TE TORNAS ETERNAMENTE RESPONSAVEL POR TUDO AQUILO QUE CATIVAS.......

...................................
Sinta-se ( FELIZ ) Pois muita gente ti admira.
Sinta-se ( FELIZ ) pois muita gente ti acha a pessoa mais legal do mundo
Sinta-se ( FELIZ ) POIS muita gente inveja a sua rotina.

Essa rotina cansativa e as vezes ate insuportavel, quando ela termina por algum motivo.....sentimos falta dela.
ACORDE....ANDE...PULE....SORRIA....CHORE....DÊ BOM DIA A TODOS
E GRITE....ESTOU VIVO
...ESTOU VIVO
...ESTOU VIVO

VAMOS BUSCAR ODIA....

JAIR ( O PAI QUE QUE TI CATIVA )

Amanda Vieira disse...

Adorei esse. Que o mundo "poeme-se"!