quarta-feira, 23 de julho de 2008

Lixo na Baía


É, galera.... todo dia surge mais lixo, mas a nossa parte a gente faz... ensinamos às crianças que não devemos jogar lixo pela janela do carro!! E as empresas que jogam metais pesados nos rios?! Não interessa. Só interessa que nós, os indivíduos somos culpados e se nós nos mobilizarmos e fizermos a nossa parte, tudo estará resolvido. BALELA!! Besteira!
Tenho uma proposta. Poderíamos fazer um dia de sujar a Baía, já tenho até algumas frases:
1 - Seja cidadão, suje a Baía você também.
2 - Você também pode sujar a Baía.
3 - Uma Baía, uma sujeira.

Acho que dessa forma poderíamos mensurar o nível de sujeira nesses dias e comparar com as empresas, pessoas jurídicas, e tenho certeza, mesmo com maciça propaganda perderíamos.
Vivemos em uma situação histórica onde o indivíduo leva a culpa de tudo. O tráfico é culpa do usuário. A rua alaga, culpa de quem entope o bueiro. O vasco perde, culpa do Edmundo que perdeu o pênalti. A culpa cai sempre no indivíduo. Isso é um Lugar Comum. Devemos sair da esfera do achismo e das garras dessa imprensa louca.

5 comentários:

Josy disse...

É!!!!!!!
A culpa do Lula ter perdido um dedo é do Edmundo! A culpa da Baía estar suja é do Edmundo! A culpa de eu estar fazendo faculdade de quimica é do Edmundo! A culpa da globalização é do Edmundo! A culpa de tudo o que é ruim... é de quem!? É do Edmundo!
Então... Acho melhor a gente processar o Edmundo e tudo vai ficar melhor!

Beijos!!
=)

futeboldorio disse...

Sencional. Acho que isso passa por aquela frase: "tudo se explica, mas nada justifica."

Sempre há uma explicação pra tudo. Nos casos citados, no indivíduo. Aliás, pra quase tudo.

Mas a idéia pra Baía é boa... rs

xikinha disse...

Eu acho (pode achismo?) ou melhor, segundo dados do IBGE, mas isso também não vale, né? deve ser mentira..hehe
Bem, o lance é que o mundo sempre foi uma grande palahaçada e a culpa é de tudo mundo, desde o infeliz que joga uma garrafa pet pela janela do carro até os desgraçados, porcos e "imunus" donos de empresas que poluem.
Agora esse lance do tráfico, ai ai, a culpa é de quem?
Vamos lá continuem comprando maconha na mão de um moleque de 10 anos, final, a culpa é do governo. Será? Não, não, a culpa é da miséria. Pode até ser. Mas eu prefiro dizer que a culpa é de todo mundo, pois muitos dos que consomem qualquer tipo de droga ilegal fazem parte de um grupo que não se julga alienado, não se julga manipulavel, não se julga bitolado, e aí?
Bem, pela minha experiência acho que muitos destes se julgam melhores por participarem de projetos sociais depois de comprar uma erva...é muito engraçado observar o comportamento e o discurso destas pessoas (estas pessoas são, por exemplo, aquelas descoladas que fazem licenciatura na UFRJ). Eita gente BALELA.
O que mais me deixa preocupada não é a postura dos donos de industria frente aos problemas sociais, poutz, eles estão cagando quilos para isso todo, mas sim, a postura de gente que está dentro da universidade, só falando coisa bonita e revolucionária e fazendo PICAS.
Desculpe pelo desabafo, mas é que eu tenho visto tanta gente escrota dentro da universidade, falando de educação, falando de meio ambiente, falando de saúde, que os donos de industria ficam parecendo até pessoas legais...Afinal, estão cumprindo o papel que escolheram.
O que importa é que eu também estou me tornando uam dessas pessoas escrotas, então decidi lançar uma campanha. JOGUE UMA BOMBA NA UNIVERSIDADE E MATE TODOS OS INTELECTUAIS PARA QUE O MUNDO SEJA MELHOR...HAHAHAHA
Faço gosto pela campanha suje a Baía, quem sabe assim tem algum resultado?
beijos e desculpe pelas besteiras.

Alexandre disse...

Pra mim, toda a culpa da sujeira da baía é do Flamengo....tenho dito!

Inaiá disse...

hahhah mt boom, apesar deu não entender mt beem hahahah